Páginas

9 de jun de 2007

Parte de mim...

"Pegue o que tiver que pegar
Mais o que quiser
E parte de mim
Parte de mim
Quer te ver feliz
Parte de mim
Te expulsa e morre"


Música: Parte de Mim Banda: Gram

Amar e odiar são sentimentos intensos, insanos e são separados apenas por uma
fina linha desenhada no chão que de vez em quando o vento apaga.

Quando estamos atravessando esta fronteira sentimos um misto de raiva e carinho,
algo tão estranho que só quem já sentiu sabe que não se pode julgar alguém tomado
por sentimentos tão contraditórios.

Podemos ir do "nunca mais quero te ver" ao "não consigo viver sem você" em instantes
e quem olha de fora, obviamente, acha engraçado e contraditório.

Cruzar este limite pode nos fazer deliriar entre cenas ridículas de raiva e planos para o futuro, também quem mandou se apaixonar.




E você o que acha? Deixe o seu comentário.

5 comentários:

Rodrigo disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Até mais.

Donizetti disse...

Interessantes esses questionamentos sobre o amor, sobre amar e odiar... Assisti um debate ótimo hoje a respeito, e comecei a escrever um post sobre amor. Devo postar durante essa semana. Grande abraço.

Anônimo disse...

Ótimo, gostei. Acredito que estou passando por isso. Experiência intensa. Que terá sido dos primeiros humanos que cruzaram esta fronteira? Morreram com o pé na linha? Deve ter sido mui difícil: algo forte, inédito e desconhecido. Haha.

Luixinha disse...

essas mensagens combinam muito cmg adoreii conseguiu definir o que dizer a pessoa amada

Anônimo disse...

eu gostei.. esta mt bem ditoo